Internacional

Sobrevivente do ataque ao Charlie Hebdo deixa semanário

2015-05-20 06:58:24 (UTC+01:00)

Renald Luzier, um dos poucos cartoonistas que sobreviveram ao ataque de militantes islâmicos contra o semanário satírico francês Charlie Hebdo, a 7 Janeiro, decidiu deixar a publicação, alegando que não consegue suportar tanta pressão.

Mais conhecido como Luz, Renald Luzier anunciou a decisão em entrevista ao jornal Libèration.

"Chegou o momento em que era simplesmente demais para aguentar. Não havia quase ninguém para desenhar os cartoons. Acabei por fazer três ou quatro capas mas cada tiragem foi uma autêntica tortura, porque os outros já não estão lá", disse Luz, que está sob proteção policial.

Renald Luzier desenhou a imagem de capa da primeira edição depois do atentado terrorista na sede Charlie Hebdo, que fez 12 mortos. [FM]