Internacional

Sócrates diz que foi detido "para impedir a vitória do PS"

2015-08-20 10:39:54 (UTC+01:00)

Em carta escrita enviada à SIC e ao Jornal de Notícias, o ex-primeiro-ministro de Portugal, escreveu ter a "legitima suspeita" de ter sido colocado e mantido em prisão "para impedir a vitória do partido socialista" nas eleições de 4 de Outubro.

O antigo líder do PS, detido na prisão de Évora, acusa a justiça de ter cometido "um erro monstruoso", referindo-se aos indícios de corrupção, fraude fiscal e branqueamento de capitais, crimes dos quais é acusado.

O ex-primeiro-ministro classifica mesmo o processo como "saltitão".

Na próxima sexta-feira completam-se nove meses desde que José Sócrates foi detido no aeroporto de Lisboa. [FM]