Internacional

Sócrates em liberdade com termo de identidade e residência

2015-10-17 04:14:31 (UTC+01:00)

A Procuradoria-Geral da República (PGR) confirma libertação do ex-primeiro ministro português, José Sócrates. Uma decisão do juiz Carlos Alexandre, no âmbito do processo Operação Marquês.

José Sócrates fica em liberdade com termo de identidade e residência, com proibição de contacto com outros arguidos e sem autorização para sair do país.

A PGR informa em comunicado que a medida de coação que obrigava o arguido José Sócrates a permanecer em casa foi "substituída pela proibição de ausência do território nacional, sem prévia autorização, e pela proibição de contactos, designadamente com outros arguidos no processo".

"O Ministério Público considera que se mostram consolidados os indícios recolhidos nos autos, bem como a integração jurídica dos factos imputados. Pelo que, na actual fase da investigação, diminuiu a susceptibilidade de perturbação da recolha e da conservação da prova", refere a nota divulgada. [FM]