Internacional

Sudão acusado de armar rebeldes sul-sudaneses

2015-06-04 12:24:54 (UTC+01:00)

O Sudão terá fornecido armas via aérea para os rebeldes que combatem o Governo do Sudão do Sul, segundo um relatório de uma organização não-governamental (ONG) com sede em Londres. Cartum nega qualquer envolvimento no conflito.

O estudo de “Conflict Armament Research” recolheu os dados sobre um esconderijo de armas da rebelião apreendidos pelo Exército governamental sul-sudanês em Novembro no Estado de Jonglei, no leste do país.

“A composição do equipamento militar e o facto dele estar na posse das forças rebeldes sul-sudanesas desde 2012, antes do início do conflito actual, mostra que o Sudão forneceu directamente as armas às forças do SPLM-iO (Movimento Popular de Libertação do Sudão-in-Oposição)”, concluiu o estudo, terça-feira, dia 2, citado pela Angop.

A maneira como as munições de armas foram danificadas revela que elas foram lançadas a partir de um avião e as fotografias mostram as marcas de fabrico dos vendedores de armas sudanesas, explicou a equipa de pesquisa.

O relatório acrescenta ainda ter observado nesses mesmos depósitos de armas materiais semelhantes aos já dados pelo Sudão “para apoiar grupos armados ou de insurgentes em outros lugares na África Subsahariana, incluindo na República Centro-Africana”. [FM]