Internacional

Tiroteio causa a morte a líder jihadista líbio

2015-10-26 09:39:28 (UTC+00:00)

Um chefe do grupo jihadista líbio Ansar al-Sharia morreu, ontem, como consequência de um tiroteio envolvendo as forças leais ao Governo de Tobruk e o grupo rebelde na cidade de Benghazi, Líbia, noticia a agência Efe.

A vítima foi identificada como Mansur Alhalala, de 26 anos, e era chefe da ala militar do grupo extremista.

A Líbia possui dois governos que disputam o poder há um ano, um deles com base na cidade Trípoli e outro, reconhecido pela comunidade internacional, em Tobruk, no leste do país. [FM]