Internacional

Triplo atentado do Boko Haram faz cerca de 37 mortos no lago Chade

2015-10-11 05:35:13 (UTC+01:00)

Três explosões atribuídas ao grupo radical islâmico nigeriano Boko Haram fizeram ontem, pelo menos, 37 mortos, em Baga Sola, cidade localizada nas margens do lago Chade, perto da fronteira com a Nigéria, divulgaram fontes de segurança locais.

MAPUTO - As mesmas fontes confirmaram a existência de pelo menos 52 feridos.

A primeira explosão foi registada no mercado de venda de peixe de Baga Sola, enquanto as outras duas explosões ocorreram num campo de refugiados localizado na periferia daquela cidade.

As explosões foram imediatamente atribuídas ao grupo radical islâmico nigeriano Boko Haram, acrescentaram as fontes de segurança locais.

O lago Chade, no centro de África, já foi um dos maiores do planeta, sendo partilhado pelo Chade, Camarões, Níger e Nigéria.

Devido às alterações climáticas e ao aquecimento global, o lago Chade tem vindo a diminuir dramaticamente de tamanho ao longo das últimas décadas. Mesmo assim, o lago continua a acolher um grande número de comunidades de pescadores.

A densa vegetação verificada nas margens do lago tem facilitado as movimentações dos islamitas do Boko Haram no território do Chade e contribuído para o desenvolvimento das acções do grupo extremista.

Desde o início do ano, o exército do Chade está envolvido numa operação militar regional contra o Boko Haram, cujos violentos ataques já ultrapassaram o norte da Nigéria, o seu reduto histórico, e já atingem os países vizinhos (Chade, Níger e Camarões).

O grupo fundamentalista Boko Haram pretende criar um estado islâmico no norte da Nigéria e está activo no país desde 2009.[OD]