Internacional

Zuma sugere colocação de tatuagem em órgãos genitais aos seropositivos

2015-05-04 14:07:44 (UTC+01:00)

O Presidente Sul-africano, Jacob Zuma, está a ser alvo de muita critica no seu país e organizações internacionais por propor a colocação de tatuagem a todos que forem a ser diagnosticado com HIV, vírus que provoca o Sida. Desta forma Zuma tenta fazer jus

O Presidente Sul-africano, Jacob Zuma, está a ser alvo de muita critica no seu país e organizações internacionais por propor a colocação de tatuagem a todos que forem a ser diagnosticado com HIV, vírus que provoca o Sida. Desta forma Zuma tenta fazer jus ao ditado que diz que o estado de uma pessoa com HIV não está escrito em sua testa, mas pelo menos ele vai agora estar escrito em seus órgãos genitais.

De acordo com novos relatórios , as pessoas com HIV na África do Sul vão agora ser forçados a fazer uma tatuagem em sua área privada para assegurar que o seu parceiro(s) sexual(s) estão conscientes do seu estado antes de envolvê-los em quaisquer actividades sexuais.

A partir de agora, cada pessoa que é testada e encontra-se no estado de seropositivo não apenas vai receber aconselhamento e medicação, mas também irão obter uma marca em forma de uma tatuagem em seus órgãos genitais, de acordo com o projecto de lei assinado pelo presidente Jacob Zuma.


A marca é para proteger aqueles que não podem dizer não ao sexo. Em outras palavras, se você não consegue ler entre as linhas de um papel, você vai poder ler entre as pernas, porque é onde o estado será tatuado.

A escolha de seropositivo está agora em suas mãos ou seus órgãos genitais neste caso… “Nós também encorajamos aqueles que estão a viver com o vírus para ir para aos hospitais públicos mais próximos e obter o seu estado tatuado no …”, disse Jacob Zuma após a assinatura do projecto de lei.