Nacional

Acordo para despartidarização da Função Pública será assinado hoje

2015-06-23 05:23:05 (UTC+01:00)

A assinatura da declaração dos princípios sobre a despartidarização do Aparelho de Estado, consensualizado, na semana passada, entre a delegação do Governo e da Renamo, maior partido da oposição, foi novamente adiada para esta terça-feira.

MAPUTO- O acto, que devia, em princípio, acontecer na sexta-feira sofreu uma nova alteração, depois de as partes terem alcançado consensos sobre este ponto da agenda do diálogo político.

A informação foi avançada ontem pelo chefe da delegação do Governo, José Pacheco, no fim da ronda 109 do diálogo político que decorre há dois anos, cujo fim não se vislumbra para breve.

"As duas delegações, em consenso, marcaram para amanhã (hoje), as 17:30 minutos, aqui no Centro de Conferências, a assinatura pública da declaração do princípio da despartidarização da administração pública e avançarmos para o quarto e último assunto do nosso diálogo", disse o ministro da agricultura e segurança alimentar.

Por seu turno, o chefe da delegação da Renamo, Saimone Macuiana, que é também deputado na Assembleia da República (AR), disse esperar que o assunto seja ultrapassado esta terça-feira.

Questionado sobre as razões que teriam levado ao adiamento da cerimónia, Macuiana disse que a medida resulta do pedido feito pelo Governo para a consumação as 17:30 desta terça-feira, solicitação que a Renamo concordou.

Após do acto de hoje, o documento deverá ser assinado pelo Presidente da República, Filipe Nyusi, e pelo líder da Renamo, Afonso Dhlakama, e, posteriormente, submetido ao mais alto órgão legislativo do país. [FM]