Nacional

Aeroporto de Nacala deverá obter certificação internacional

2015-07-30 12:34:16 (UTC+01:00)

O aeroporto internacional de Nacala deverá obter até ao final do ano certificação internacional de modo a receber aviões estrangeiros, disse o director dos Transportes e Comunicações da província de Nampula, Francisco Bonzo.

MAPUTO- Bonzo disse ao jornal Notícias, que chega na próxima semana uma equipa do Instituto de Aviação Civil de Moçambique para começar a executar as tarefas constantes do cronograma das actividades previamente traçado para a atribuição do certificado.

O aeroporto de Nacala, inaugurado em 2014, é uma unidade construída de raiz, no âmbito da expansão dos serviços aeroportuários em curso no país, tendo a sua transformação a partir da base aérea aí existente custado 176 milhões de dólares e estado a cargo do grupo brasileiro de construção civil Odebrecht.

Este aeroporto tem uma pista com 3100 metros, que é servida por um caminho de circulação de aeronaves e uma placa de estacionamento com comprimento e largura suficientes para acolher dois aviões de grande porte e mais dois aviões de médio porte em simultâneo.

Aliás, a pista de aterragem de Nacala é a segunda maior pista do país, a seguir à do aeroporto internacional de Maputo, que tem 3560 metros, o que quer dizer que está dimensionada para a aterragem de Boeing 747-400.

O aeroporto foi projectado para acolher um movimento de chegadas e partidas de 1240 passageiros nos momentos de tráfico mais intenso, sendo que no rés-do-chão foram instalados balcões para o “check-in”, espaços públicos, uma sala de embarque doméstico e outra internacional, sala de desembarque doméstico e internacional, escritórios diversos, inclusive para as companhias aéreas, salas VIP, cafés e lojas. [FM]