Nacional

Arcebispo de Maputo pede tolerância aos líderes políticos

2015-09-05 07:14:45 (UTC+01:00)

O arcebispo de Maputo, Francisco Chimoio, apelou ontem aos líderes políticos moçambicanos para serem humildes e tolerantes na busca da paz duradoura no país, afirmando que o povo já está cansado de sofrimento.

MAPUTO- Chimoio fez a exortação, em declarações aos jornalistas, no final de um encontro com o chefe de Estado, Filipe Nyusi, a quem foi endereçar um convite para as celebrações do 75.º aniversário da Arquidiocese de Maputo, que se assinala no próximo domingo.

"Para uma paz sólida no país, precisamos de ver o dom da humildade e da tolerância a imperar nos nossos líderes", afirmou o líder da Igreja Católica moçambicana em Maputo.

Os católicos moçambicanos, assinalou Francisco Chimoio, estão preocupados com o cenário de incerteza em relação à paz e desejam uma solução definitiva.

"Estamos preocupados, mas esperançosos na mudança do cenário que se vive no nosso país atualmente", frisou Chimoio.

Moçambique vive momentos de incerteza, devido às ameaças do líder da Renamo, Afonso Dhlakama, de governar à força nas seis províncias do centro e norte em que o movimento reivindica vitória nas eleições gerais de 15 de Outubro de 2014. [FM]