Nacional

Autocarros da EMTPM voltam a circular em rotas anteriormente interrompidas

2015-10-13 08:04:24 (UTC+01:00)

A Empresa Municipal de Transportes Públicos de Maputo (EMTPM) retomou algumas das rotas que havia interrompido devido ao défice de autocarros, facto que aliviará os utentes que se encontram ao longo destas linhas.

MAPUTO – Segundo relata o Notícias, trata-se das carreiras Praça dos Trabalhadores-Academia de Ciências Policiais (ACIPOL), em Michafutene, e Praça dos Trabalhadores-Laulane, todas passando pela avenida de Angola.

A retomada destas carreiras segue-se à entrada em funcionamento de 50 novos autocarros desta transportadora pública.

Para além desta acção, a empresa duplicou o número de autocarros nas carreiras de Nkobe (no município da Matola) e da zona da Costa do Sol (na capital) e entre a Praça dos Combatentes e a localidade de Bobole, no distrito de Marracuene, para além do percurso Zimpeto-Baixa, que passa a contar com quatro machimbombos.

O administrador do pelouro de Desenvolvimento de Negócios e Projectos na EMTPM, Lourenço Albino, explicou que a ideia é consolidar a presença da companhia nestes corredores e colocar viaturas que se cruzam nos dois sentidos.

“A razão que concorreu para a interrupção das carreiras foi a falta de meios. Com a aquisição de novos autocarros, sentimos que devíamos aliviar os residentes que se encontram ao longo desses corredores”, explicou, citado pelo mesmo jornal.

Trata-se de linhas em que as pessoas, vezes sem conta, se sujeitam a viajar em carrinhas de caixa aberta, comumente designadas My Love, ou a sucessivas ligações para chegar aos seus destinos, principalmente nas horas de pico.

A fonte afirmou que a empresa está a fazer uma avaliação de corredores que estejam a registar uma procura acentuada do transporte público.

“Para o caso de estudo de novas rotas, o município de Maputo é que faz o trabalho de identificação de corredores que registem uma procura acentuada de transportes públicos e propõe a alocação de viaturas”, explicou.

Para além de introdução de novas rotas, a EMTPM tem vindo a colocar pelo menos mais dois autocarros nos corredores em que esteja já a explorar. [OD]