Nacional

Basílio Monteiro diz que armas em mãos alheias não ameaçam estabilidade do país

2015-11-21 07:54:23 (UTC+00:00)

O Ministro do Interior, Basílio Monteiro, disse ontem que as armas fora do controlo do Estado em Moçambique não representam ameaça total à estabilidade do país.

MAPUTO - Basílio Monteiro reagia a uma pergunta da Rádio Moçambique, sobre o estágio da recolha das armas em poder dos homens armados da Renamo e de outros indivíduos não autorizados.

O ministro do Interior vincou que a qualquer momento o Governo poderá chegar à conclusão de que não se justifica a recolha coerciva das armas, porque as pessoas estão a entregá-las voluntariamente.

Segundo o mesmo órgão de informação, o governante moçambicano prestou estas declarações no encerramento da sessão da Comissão Conjunta Permanente da Defesa e Segurança entre o Malawi e Moçambique.

O encontro, segundo Basílio Monteiro, permitiu alcançar consensos sobre o ambiente de paz e para uma melhor gestão da fronteira estatal.

A reunião da Comissão Conjunta Permanente de Defesa e Segurança entre Moçambique e Malawi teve lugar esta semana em Mangoche, naquele país vizinho. [OD]