Nacional

Caçadores ilegais de elefantes condenados a 10 anos de prisão

2015-07-16 11:27:55 (UTC+01:00)

Três indivíduos, dos quais um moçambicano e dois tanzanianos, foram condenados a 10 anos de prisão maior por caça ilegal de elefantes, na província do Niassa.

Dados retirados do portal online da “Radio Moçambique” indicam que, os três foram neutralizados na pose de uma arma de fogo com as respectivas munições e 12 pontas de marfim, resultantes do abate de 6 elefantes na reserva de Niassa.

Segundo a sentença proferida, a viatura usada para a caça, a arma de fogo, bem como as pontas de marfim, ficam revertidos a favor do Estado.

O tribunal judicial condenou ainda outros três réus; dos quias dois tanzanianos e um moçambicano por crime de caça ilegal na reserva do Niassa. [FI]