Nacional

“Caso Sithole”: Advogados pedem caução

2015-05-06 11:55:20 (UTC+01:00)

Os advogados de defesa dos quatro indiciados no assassinato do moçambicano Emmanuel Sithole, solicitaram mais tempo ao juiz do Tribunal de Alexandra, na África do Sul, para pedido de liberdade condicional mediante pagamento de caução.

JOANESBURGO - Na sessão da passada segunda-feira, segundo relata o “Noticías”, os arguidos Sizwe Ngomezulu, Ayanda Sibiya, Sifiso Bhengu e Mfundi Mzimela não foram ouvidos pelo juiz, como estava previsto, porque a defesa expôs a questão de tempo, tendo o tribunal anuído ao pedido. Assim, a sessão foi adiada para o próximo dia 13 do mês em curso, data em que será apresentado o pedido de liberdade condicional mediante pagamento de caução.

Tudo indica que neste dia o juiz vai ouvir os argumentos do Ministério Público, entidade que acusou os quatro sul-africanos dos crimes de homicídio e roubo, se este concorda ou não com o pedido de caução, antes de o jurado tomar qualquer decisão sobre a matéria.

Enquanto isso, Sizwe Ngomezulu, Ayanda Sibiya, Sifiso Bhengu e Mfundi Mzimela, que ontem fizeram a sua segunda aparição no Tribunal de Alexandra, continuarão a aguardar pelo seu julgamento em prisão, suspeitos da morte de Emmanuel Sithole, uma ocorrência registada no dia 18 de Abril último.
[OD- FOLHADEMAPUTO.CO.MZ]