Nacional

Cidadão tenta vender próprio filho

2015-09-17 14:20:46 (UTC+01:00)

A polícia de Republica de Moçambique (PRM) abortou uma tentativa de tráfico de órgãos humanos em Gondola, província de Manica.

Em conexão com o caso, um cidadão está detido, desde ontem, no comando distrital da PRM, acusado de tentar traficar o seu próprio filho.

De acordo com O País, o cidadão de 38 anos, chama-se António Miquitaio e foi detido quando alegadamente estava a caminho de Inchope, para matar e depois vender partes do corpo do filho de quatro anos a um suposto curandeiro.

Segundo a comandante distrital da PRM em Gondola, Esperança Calisto, o cidadão em causa marcou o cemitério de Inchope como local para o encontro com o suposto comprador, ora fugitivo. O caso foi descoberto através da denúncia dos vizinhos do indiciado. [FI]