Nacional

Confrontos militares comprometem ano lectivo em Tsangano e Moatize

2015-11-12 12:35:55 (UTC+00:00)

As escolas dos distritos de Tsangano e Moatize, na província de Tete, estão em estado de abandono devido a ausência de alunos que temem os frequentes confrontos militares, ali instalados entre o exército governamental e os homens armados da Renamo.

MAPUTO - O director provincial da Educação e Desenvolvimento Humano, Joaquim Meque, que deu a conhecer o facto ao Notícias, disse que devido ao estado de abandono em que se encontram os referidos estabelecimentos de ensino oportunistas estão a vandalizar as salas de aula, maior parte das quais reconstruídas após a assinatura do Acordo Geral de Paz, 1992.

“Estamos a tentar sensibilizar os pais e encarregados de educação para deixarem as crianças em zonas seguras e com escolas para evitar que percam o ano lectivo”, disse o director provincial, que entretanto lamentou o facto de tais apelos não serem acatados pelo grosso dos visados, optando por deixar os petizes ficarem em casa.

O fraco poder financeiro dos pais e encarregados de educação é apontado como sendo um dos factores que também contribui negativamente para a transferência dos alunos para lugares seguros, acabando estes por se envolver no comércio informal, entre outras actividades domésticas.

As ameaças dos homens armados da Renamo, ainda de acordo com Joaquim Meque, também afectam o processo de alfabetização e educação de adultos naqueles pontos da província de Tete devido às movimentações constantes das comunidades à procura de lugares seguros. [OD]