Nacional

Construção da estrada circular de Maputo só termina em 2016

2015-06-29 14:03:33 (UTC+01:00)

As obras da Circular de Maputo poderão transitar para 2016, isto porque a nó de Tchumene, no Município da Matola, não poderá estar pronto até Dezembro deste ano.

Actualmente as obras da estrada estão na fase final de execução, estando em curso a construção de passeios, viadutos, nós e pontes, algumas das quais j á abertas parcialmente ao tráfego.

De acordo com o “Jornal Noticias”, esta informação foi prestada última terça-feira em Maputo pelo porta-voz do Governo, Mouzinho Saíde, que falava à saída da XIX Sessão Ordinária do Conselho de Ministros. O encontro, segundo a fonte, apreciou favoravelmente o estágio das obras da Estrada Circular de Maputo.

Nesta sessão, segundo Saíde, o Conselho de Ministros ouviu o relatório da Empresa de Desenvolvimento Maputo Sul responsável pela implementação dos projectos da Estrada Circular de Maputo, “temos a garantia de que todos os trabalhos devem estar prontos até Dezembro, com excepção do nó de Tchumene”, afirmou.

Com uma extensão de 74 quilómetros, a Estrada Circular de Maputo está dividida em seis secções, nomeadamente Hotel Radisson-Ponte da Costa do Sol; Ponte da Costa do Sol-Marracuene; Chiango-Zimpeto; Zimpeto-Marracuene, Zimpeto- Tchumene e Tchumene-Praça 16 de Junho: sendo que esta última ainda está em fase de discussão.

O projecto inclui também três pontes ferroviárias, sendo duas sobre a linha do Limpopo, uma das quais já abertas, parcialmente, ao tráfego, e outra sobre a linha de Ressano Garcia, na região da Matola-Gare.

A duração do contrato é de 36 meses e o fim das obras está previsto para Setembro de 2017, num financiamento de 725.83 milhões de dólares americanos. [FI]