Nacional

Corpo decompõe-se à espera de perícia em Marracuene

2015-10-13 15:56:43 (UTC+01:00)

O corpo de um jovem de 21 anos de idade, assassinado e escondido numa mata em Marracuene, decompõe-se a espera da perícia policial que nunca mais chega.

MAPUTO- A demora na chegada da perícia ao local onde o corpo do rapaz foi encontrado deixa a família, do malogrado que em vida respondia pelo nome de Alfredo Mathaba, desesperada por não poder proceder ao enterro condigno do jovem.

Segundo noticiou a Televisão de Moçambique (TVM), para os familiares da vítima, a grande preocupação neste momento reside no facto de o corpo estar em risco de ser desenterrado e devorado por animais, pois foi enterrado às pressas pelos seus assassinos, vendo-se até a camisa que ele vestia no dia do seu sumiço.

O finado desapareceu a 3 de Outubro corrente e o seu corpo foi localizado dois dias depois algemado e enterrado no recinto do Instituto Médio de Planeamento Físico, no distrito de Marracuene.

A ordem que a família recebeu da Polícia, após comunicar sobre o assunto, é que deveria aguardar pela perícia para tratar da exumação e entrega do corpo aos parentes a fim de realizarem um enterro condigno. [FI]