Nacional

CTA ameaça agravar preço de produtos de primeira necessidade

2015-11-19 13:01:47 (UTC+00:00)

Os preços dos bens e serviços básicos poderão conhecer um aumento na quadra-festiva e no próximo ano devido a desvalorização do metical, assim como a subida dos juros do Banco de Central.

MAPUTO- De acordo com o director executivo da Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA), Luís Sitóe, trata-se de uma resposta do sector privado a instabilidade que a economia moçambicana atravessa.

“Se estamos a dizer que o custo do dinheiro para fazer negócios está a aumentar, estamos claramente a dizer que os preços dos produtos vão subir, porque a empresa não vai produzir a um custo alto e vender a um custo barato, é lógico”, disse numa conferência de imprensa.

Para que os preços se mantenham, a Confederação das Associações Económicas exige que o Banco Central comprometa-se a manter inalterada a taxa de câmbio para as importações de matérias-primas e bens essenciais, como por exemplo, sementes melhoradas para incentivar a produção nacional. [FI]