Nacional

Daviz considera diálogo político no CCJC de "surdos e mudos"

2015-05-25 08:18:37 (UTC+01:00)

O presidente do Movimento Democrático de Moçambique (MDM) considera as conversações entre o governo e Renamo, que decorrem no Centro de Conferências Joaquim Chissano, em Maputo, um diálogo de surdos e mudos.

MAPUTO - visivelmente agastado com a falta de consenso nas conversações que entram hoje na ronda 105, Simango propõe a transferência do dossier para a Assembleia da República, considerando ser o local ideal para a discussão de assuntos que afligem o povo.

“Para nós, MDM, continua o mesmo. É um diálogo de surdos e mudos”, disse citado pelo jornal “O País”. [OD]