Nacional

Doença das mãos sujas já matou 18 pessoas na cidade de Maputo

2015-10-19 05:32:23 (UTC+01:00)

Dezoito pessoas perderam a vida na cidade de Maputo, vítimas de doenças diarreicas, no período compreendido entre Janeiro e Setembro do corrente ano, revelam dados do Ministério da Saúde.

MAPUTO- Segundo a médica da Direcção de Saúde, Sheila Cuco, este número representa um aumento superior a 100 por cento comparativamente a igual período de 2014, quando foram registados apenas oito óbitos.

O distrito municipal Ka Mavota é um dos distritos mais afectado pelas doenças diarreicas, disse Cuco, falando na semana passada à margem da campanha doença das mãos sujas, no âmbito das celebrações do Dia Mundial da Lavagem das Mãos, uma efeméride assinalada a 15 de Outubro.

Segundo Cuco, no referido período registaram-se 32.392 casos de diarreias contra 31.014 casos em igual período do ano passado.

"Estamos a desenvolver todos os esforços com vista a mudar este cenário, através de palestras campanhas de sensibilização da população para se precaver dessas e de outras doenças", disse a médica.

Sobre a escolha de Ka Mavota para o lançamento da campanha, Cuco explicou que a decisão deve-se ao facto de ser o distrito municipal mais afectado na cidade de Maputo. [FM]