Nacional

Duzentos antigos guerrilheiros da Renamo se entregam ao Governo

2015-11-15 05:42:24 (UTC+00:00)

Um total de duzentos guerrilheiros da Renamo já se entregou ao Governo, sendo o maior número proveniente das províncias de Manica, Sofala, Tete e Zambézia, no centro do país.

MAPUTO - A informação foi tornada pública por Horácio Massangai, da Direcção de Reinserção Social no Ministério dos Combatentes.

Massangai falava quinta-feira na cerimónia de apresentação de mais cinco guerrilheiros do movimento de Afonso Dhlakama que desertaram das fileiras. Trata-se de João Lázaro Charles, 47 anos, sargento; Horário Sabonete Uacota, 48 anos, sargento; Ribeiro Coutinho Namanga, 51 anos, soldado; Ernesto Bartolomeu Gecomia, 49 anos, soldado e Afonso Simon Sone, 49 anos, soldado

Massangai garantiu, na ocasião, que todos os guerrilheiros que se apresentarem às autoridades moçambicanas não serão alvo de qualquer forma de represália e serão reintegrados no quadro do programa de assistência social implementado pelo Ministério dos Combatentes.

Refira-se que os cinco guerrilheiros da Renamo apresentados na passada quinta-feira optaram em fixar pensão, recusando-se a permanecer no activo.

Presentemente está em curso a tramitação dos processos inerentes à reinserção social destes guerrilheiros, o que está também a ocorrer com outros 200 que já se entregaram às autoridades competentes. [OD]