Nacional

Egídio Vaz junta-se aos que repudiam postura de Muchanga no Parlamento

2015-07-27 16:39:34 (UTC+01:00)

O historiador moçambicano e um dos internautas mais activos das redes sociais, Egídio Vaz, juntou-se a vozes que repudiam a postura de Muchanga na Assembleia da República que centra-se em insultos às mulheres.

MAPUTO - “O deputado António Muchanga já está a exagerar no seu insulto às mulheres. Isto torna a política irrelevante. Há que pôr mão na consciência e refrear os ânimos. Não concordo que ele continue a faltar respeito às pessoas e a usar o tempo útil e o pódio da Assembleia da República, para lançar impropérios de cunho pessoal e íntimo das pessoas”, escreve Vaz no seu mural no Facebook.

Egídio Vaz pede à Comissão de Ética do Parlamento para acelerar a aprovação do código de ética de modo a “travar” este tipo de atitude que reduz a mulher num objecto.

“É difícil imaginar que no mesmo espaço onde as pessoas se tratam por EXCELÊNCIA, também se pronunciem palavras despudoradas como "calcinhas", "chá de calcinha" ou "filhos de pais diferentes", numa autêntica ofensa a moral pública. Se esta legislatura não for capaz de mitigar este tipo de pronunciamentos ou comportamento, teremos perdido uma oportunidade de devolver àquele lugar o devido respeito. Estou revoltado”, remata o internauta.

De recordar que António Muchanga para além de recorrer a insultos, calunia e difamação de pessoas, tem sido um dos rostos de apelo à violência. [MCM]

ADD
https://www.facebook.com/egidio.v.raposo?fref=nf&pnref=story