Nacional

Empresa chinesa de reciclagem viola lei de trabalho: funcionários trabalham em condições desumanas

2015-06-09 10:34:23 (UTC+01:00)

Uma empresa de reciclagem de plástico, sediada nos arredores da cidade capital, pertencente a cidadãos de nacionalidade chinesa, não oferece condições básica de trabalho aos seus funcionários.

MAPUTO-De acordo com o Noticias, a instituição denominada Latim Group, foi visitada pela Expensão Geral de Trabalho (IGT), que detetou diversas irregularidades. Os quinze funcionários da indústria de reciclagem estão sujeitos a trabalhar num estado deplorável, na há higiene nem segurança.

A empresa em causa não tem a relação nominal dos trabalhadores que emprega, nem horário e contrato de trabalho. Por outro lado, os empregados realizam as suas actividades sem nenhum equipamento de protecção individual, como máscaras, luvas, botas, entre outros instrumentos necessários, dada a natureza do seu trabalho.


Para além dos pontos acima referidos, a brigada da IGT, que escalou aquela unidade industrial, no passado dia 26 de Maio, deparou-se com a falta de outros documentos que especifiquem a actividade que exerce, oficialmente, senão o que se verificou na hora da fiscalização, ou seja, a reciclagem de lixo e plásticos.

Devido a estes factores, que violam a Lei do Trabalho, a IGT mandou suspender as actividades da empresa de forma a salvaguardar a saúde e a vida dos trabalhadores. O reinício das actividades vai depender da correcção das irregularidades detectadas, sobretudo após uma outra visita de reinspecção a ser efectuada pelas autoridades laborais. [FI]