Nacional

Febre aftosa compromete movimentação de gado bovino

2015-09-30 07:53:25 (UTC+01:00)

Mais de duzentos e cinquenta mil bovinos com a febre aftosa, nos distritos de Massingir, em Gaza, Moamba e Magude, na província de Maputo, continuam interditos de circular para outros pontos do país.

MAPUTO – Segundo a Rádio Moçambique, o Director Nacional da Veterinária diz que enquanto não se levantar a interdição o governo está a fazer um trabalho de monitoria que consiste na vacinação daqueles animais bem como na sensibilização dos criadores sobre os males provocados pela doença.

José Libombo, indicou a título de exemplo, que em Novembro próximo, será levada a cabo a segunda fase de campanha de vacinação de animais afectados, uma actividade que poderá determinar o levantamento da interdição da circulação destes.

Entretanto, reagindo às notícias do país vizinho Malawi sobre suposto gado bovino contaminado pela febre
aftosa que entra no seu território, Libombo, diz que o governo está a trabalhar para apurar a veracidade dos factos.[OD]