Nacional

Garimpeiros ilegais repatriados em Cabo Delgado

2015-10-07 11:03:34 (UTC+01:00)

O número de estrageiros ilegais a serem repatriados, em Cabo Delgado, no norte do país, ronda nos 30 e todos se dedicam ao garimpo ilegal, no distrito de Montepuez e Meluco.

De acordo com a Rádio Moçambique os abrangidos são na sua maioria tanzanianos e deverão em breve voltar aos países de origem.

Os Serviços de Migração, em Cabo Delgado, estão neste momento, a averiguar a legalidade da permanência, de cada um dos envolvidos no garimpo ilegal na província para o repatriamento dos que se encontrarem em situação irregular.

Estes dados foram facultados à pela porta-voz do comando província da PRM, em Cabo Delgado, Malva Brito, esta terça-feira, no habitual balanço semanal da corporação.

Malva Brito revelou ainda que além da neutralização daqueles garimpeiros ilegais, a polícia apreendeu vários bens e instrumentos usados na exploração de recursos naturais, com destaque para o ruby. [FI]