Nacional

GPCC manda deter chefe dos recursos humanos do distrito de Morrumbene

2015-07-02 05:27:52 (UTC+01:00)

O Gabinete Provincial de Combate à Corrupção (GPCC), na província de Inhambane, ordenou a detenção do chefe dos recursos humanos da administração de Morrumbene, acusado de uso ilícito de parte dos sete milhões de meticais.

MAPUTO- Segundo o GPCC, a detenção só foi possível após intensas investigações e, na sequência, de denúncias e suspeitas de que E. Chibajane há já algum tempo desviava fundos.

Para além do chefe dos recursos humanos, o GPCC está ainda a investigar alguns funcionários da administração do distrito, mas, por enquanto, existem provas suficientes de que Chibajane usava dinheiro para outros fins.

Os sete milhões de meticais que o chefe dos recursos humanos da administração de Morrumbene é acusado de ter desviado são destinados ao desenvolvimento do distrito. [FM]