Nacional

IGT investiga Shoprite de Maputo

2015-08-25 14:55:29 (UTC+01:00)

Uma brigada da Inspecção-Geral do Trabalho está, desde ontem, a trabalhar no Shoprite de Maputo com vista a apurar a veracidade das queixas apresentadas pelos trabalhadores daquele supermercado.

MAPUTO - Em carta-denúncia citada pelo jornal Notícias, a massa laboral acusa a gerência de maus-tratos, prepotência e abuso do poder, despedimentos sem razões plausíveis e sem oportunidade de defesa, falta de contratos de trabalho e venda de produtos fora do prazo.

Entretanto, a gerência, representada pela respectiva advogada, Gisela Silva, considera as queixas dos trabalhadores infundadas.

Falando ontem ao mesmo jornal, Alberto Novela, director de Trabalho, Emprego e Segurança Social, disse que as autoridades já tinham ouvido algumas queixas relacionadas com o mau relacionamento entre os trabalhadores e a gerência, mas o ideal foi o destacamento de uma equipa de inspectores para averiguar, de perto, até que ponto há atropelos da Lei do Trabalho.[OD]