Nacional

Jorge Ferrão decreta tolerância zero à indícios de fraudes

2015-10-15 08:27:19 (UTC+01:00)

O Ministro da Educação e Desenvolvimento Humano, Jorge Ferrão, decretou ontem, em Maputo, tolerância zero a qualquer indício de fraude académica no país, depois dos últimos exames extraordinários, serem marcados por indícios de fraude.

MAPUTO - De a acordo com o governante, já se tolerou o bastante este fenómeno. “Ao longo dos anos, tornou-se prática aceitar com naturalidade que os exames sejam violados e que haja falsidade no processo”, disse Ferrão, citado pelo jornal “O País”, acrescentando que é hora de mudar, com medidas adequadas.

Para Ferrão, não faz sentido deixar progredir alunos que não tenham capacidades e habilidades exigidas. Para o ministro, ao pautar pela inacção, estará a enganar-se as famílias, a sociedade e os empregadores, que guardam expectativas em relação a este mesmo estudante. “Com a fraude, ele engana o país como um todo. Quando ele tem o certificado na mão, o documento revela aquilo que ele vale. E quando o colocámos na área laboral, apercebemo-nos que tem várias dificuldades; é toda uma cadeia de investimentos falhada”, precisou o ministro.[OD]