Nacional

Jovem deixa terra natal a procura de vida melhor em Maputo

2015-08-10 13:58:42 (UTC+01:00)

Durante um giro que a equipa do portal FOLHA DE MAPUTO fez na manhã desta segunda-feira, na cidade de Maputo, encontrou-se e conversou com Gabriel Hilário, de 37 anos de idade, solteiro e natural do distrito de Namacurra, província da Zambézia.

MAPUTO - Há quatro anos que Gabriel Hilário saiu da sua terra natal, com destino a capital moçambicana, a procura de uma vida melhor a semelhança de outros jovens provincianos que olham a capital do país como um “El Dourado”.

Numa breve conversa que mantivemos com o nosso interlocutor, ficamos a saber que o mesmo trabalha há três anos como agente de segurança privada, uma actividade de risco segundo sublinhou, mas a falta de outras oportunidades profissionais o obrigam a manter se nessa profissão.

“As dificuldades que temos tido nessa actividade verificam se no período nocturno, passamos muito mal principalmente este tempo de frio”, lamentou.

O nosso interlocutor, que trabalha mais de dez horas por dia, contou-nos que primeiro trabalhou no Polana Shoping, mas depois foi transferido para um outro estabelecimento. “No Polana Shoping o trabalho era duro, pois eu trabalhava 10 horas por dia de pé, enquanto onde estou actualmente sou autorizado a sentar me para descansar”, comparou.

Num outro desenvolvimento, Gabriel Hilário, revelou que durante os três anos que exerce a função de segurança, conseguiu comprar um terreno. Mas a falta de recursos financeiros suficientes, o impede de começar a erguer a sua habitação, contudo vive em casa de renda. “Tenho sonho de construir minha casa e gerar minha família, mas ainda não tenho dinheiro para tal”, lamentou.

Hilário, revelou ainda que o salário não compensa, o trabalho que tem feito, mas mesmo assim nunca pensou em largar da actividade que é o seu ganha-pão. [OD]