Nacional

Mais oito homens da Renamo se entregam as autoridades

2015-10-24 05:23:58 (UTC+01:00)

No âmbito do Acordo da Cessão das Hostilidades Militares, oito antigos guerrilheiros da Renamo entregaram-se às autoridades para reintegração nas Forças de Defesa e Segurança (FDS).

MAPUTO – Segundo a Rádio Moçambique,trata-se dos majores Armando Sitole e José Alberto; dos capitães Morésio Eusébio Tove e Jorge Albino Sozinho; do tenente Domingos Carlos José; do comandante de companhia Muza Jorge Januário; do chefe de secção António Olesse sardinha e o alferes José Machiguere Chinguia.

Os ex-guerrilheiros desertaram de diferentes bases militares, nas províncias de Manica e Sofala.

O major José Alberto, porta-voz do grupo, proveniente da base de Chimbunga, na região de Dombe, em Manica, diz que a deserção surge em resposta aos apelos visando pôr fim às hostilidades no país.
“Realmente nós estamos há muito tempo lá no mato. Quase desde a mocidade até crescer lá, até hoje.

Então, com essas chamadas que se faziam, para a integração, nós achamos melhor virmos nos entregar, para minimizar a nossa vida, porque desde aquela altura até hoje estamos de qualquer maneira, não temos casas, os nossos filhos não estudam, e achamos melhor vir, segundo as chamadas que se fazem”- disse José Alberto.

José Alberto revelou que tanto o seu grupo como os que continuam nas matas, cansaram-se das promessas da Renamo, segundo as quais, a organização iria tomar o poder pela força das armas. [OD]