Nacional

Malária e raiva matam 16 pessoas em Maputo

2015-07-31 10:04:51 (UTC+01:00)

Dezasseis pessoas morreram no primeiro semestre deste ano, na província de Maputo, devido à malária e raiva, num total de 107.760 casos notificados nas 94 unidades sanitárias existentes neste ponto do país.

MAPUTO - Segundo avança o jornal “Notícias”, ao todo, a província de Maputo registou 132.639 casos de doenças, sendo 106.886 relativos a malária (correspondendo a 80 por cento dos casos), 22.787 de diarreias, 1950 episódios de disenteria, 874 raiva, sendo os restantes casos de sarampo e meningite.

Do total de óbitos, 14 foram devido à malária e os restantes dois à raiva. Entretanto, estas mortes ocorridas semestre passado representam uma redução em relação ao igual período do ano passado, em que 42 pessoas perderam a vida devido a malária, raiva e meningite.

Os dados foram avançados durante o XXXVII Conselho Coordenador da Saúde (CCS) da província de Maputo que juntou quadros do sector para avaliar o grau de cumprimento das actividades do primeiro semestre e discutir os desafios nos próximos cinco meses.[OD]