Nacional

Malária mata cerca de 100 pessoas no Niassa

2015-07-17 08:47:42 (UTC+01:00)

Noventa e três pessoas morreram de malária, em mais de 192 mil casos diagnosticados, de Janeiro a Junho, na província do Niassa.

MAPUTO – Segundo avança o jornal “Notícias”, os dados representam uma redução, em relação a igual período do ano passado, em que foram registados mais de duzentos e quarenta mil casos, com cento e noventa e quatro óbitos.

Os números foram tornados públicos, durante a VIII Sessão Ordinária do Governo do Niassa que, entre outras matérias, apreciou o perfil epidemiológico da província, durante o primeiro semestre. a malária continua a ser a doença que mais mata no país.[OD]