Nacional

Manhiça avançado na regularização de terra (DUAT)

2015-08-17 08:02:57 (UTC+01:00)

O distrito de Manhiça, Província meridional de Maputo, regista avanços no que toca aos Direitos de Uso e Aproveitamento de Terra (DUAT), tendo atribuído, até então, 200 talhões a novos proprietários e tramitado 400 processos de regularização de terra.

MAPUTO - “Em média, passamos 20 DUAT’s por dia e, neste momento, estamos a preparar para parcelar 330 hectares”, disse o vereador da Urbanização, Construção e Energia daquele distrito, Samuel Bicane, à margem da apresentação dos rendimentos obtidos no primeiro semestre do ano em curso.

Segundo o vereador, com a expansão dos bairros, surge a necessidade de se construir mais vias de acesso e outras infra-estruturas como, por exemplo, fontes de abastecimento de água, energia e salubridade.

Para além do material de construção, adiantou Bicane, o distrito está a adquirir o seu próprio equipamento de construção, como é o exemplo concreto de uma motoniveladora orçada em cerca de 6,3 milhões de meticais (cerca de 160 mil dólares norte-ameri9canos).

“Na zona de expansão, estamos a construir uma estrada de terra batida com uma extensão de três quilómetros, vamos fazer a reabilitação de 15 quilómetros já existentes e, também, estamos na fase de abertura de mais 20 quilómetros de vias de acesso”, revelou Bicane, citado pela AIM, para quem, ao nível da vila municipal, foi pavimentada uma boa área.

Por seu turno, o Presidente do Município de Manhiça, Luis Munguambe, disse que o abastecimento de água melhorou substancialmente, adiantando que se espera reduzir a distância que as populações percorrem em busca deste líquido.[OD]