Nacional

Mesmo com medo moçambicanos vítimas de xenofobia regressam à RAS

2015-08-05 13:51:56 (UTC+01:00)

Alguns compatriotas, vítimas da xenofobia, protagonizada pelos sul-africanos, tencionam rumar de volta as terras do rand, mesmo com o medo deixando pelo terror vivido, naquele país vizinho.

“Raju” como é chamado, tem 32 anos e faz parte dos mais de 2000 moçambicanos que foram obrigados a voltar a Moçambique, em Abril último, confessa seu medo e afirma que mesmo assim “vou voltar para África de Sul, porque deixei tudo lá, inclusive a minha família”.

Outros como o caso de Nelson Carlos e Eugénio Nhabanga, citados pelo “O País”, são residentes em uma zona periférica da Cidade da Matola e compartilham das mesmas ideias de Raju e vão mais longe ao dizer que em Moçambique não há emprego.

“Voltaremos na próxima semana, aqui em Moçambique não há emprego”, disse Eugénio Nhabanga, convicto da decisão. [FI]