Nacional

"Moçambique deixou legado revolucionário para África Austral" Mugabe

2015-06-26 10:49:47 (UTC+01:00)

O Presidente do Zimbabwe, Robert Mugabe, afirmou ontem que a independência de Moçambique, em 25 de Junho de 1975, criou uma plataforma para a libertação de outros países da África Austral, deixando um "legado revolucionário" para a região.

MAPUTO- "A independência de Moçambique edificou um caminho com que se escreveu a história revolucionária de outros países da África Austral, passámos a ter uma plataforma de lançamento da luta pela liberdade do Zimbabwe, Namíbia e África do Sul", afirmou Mugabe em declarações aos jornalistas após prestar homenagem aos heróis da luta de libertação de Moçambique, na Praça dos Heróis, em Maputo.

Segundo a Lusa, com a independência, Moçambique ficou livre para ajudar os países vizinhos ainda não livres do jugo colonial a alcançarem a sua liberdade, acrescentou o chefe de Estado do Zimbabué e também presidente em exercício da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC).

"Comemoramos com alguma tristeza, porque algumas das figuras maiores da luta pela independência de Moçambique, como Samora Machel e Eduardo Mondlane, já não estão entre nós, mas deixaram um legado revolucionário", declarou Robert Mugabe, um dos convidados às festividades do 40º aniversário da independência de Moçambique. [FM]