Nacional

Morrumbala: População abandona casas pela presença de exércitos armados

2015-10-01 07:30:51 (UTC+01:00)

A presença de homens armados da Renamo, e de uma Unidade de Intervenção Rápida (UIR), fortemente armada, está deixar a zona de Sabe, distrito de Morrumbala, na província da Zambézia, completamente desértica.

MAPUTO - A população tem estado a abandonar as suas residências e a refugiar-se para outras zonas mais seguras. Alguns moradores sentem-se obrigados a refugiar-se na mata de noite, por receio do conflito militar.

Segundo relata o jornal O País, a localidade de Sabe várias casas e o mercado estão abandonados, com parte da população a queixar-se do roubo dos seus bens durante o período nocturno, quando se refugia nas matas.

Professores, agentes de serviços de saúde, entre outros, fugiram para a vila-sede em Morrumbala, zona alegadamente segura.[OD]