Nacional

Município da Matola “desiste” de demolir vedação em Tsalala

2015-07-29 08:25:00 (UTC+01:00)

O Município da Matola recuou da decisão de demolir a vedação de uma residência, no bairro Tsalala. A edilidade concluiu que a vedação é legal, e está agora à procura de outras soluções para o projecto de alargamento da estrada.

MAPUTO - Segundo jornal “O País”, o vereador do Planeamento Territorial e Urbanização no Município da Matola, André Chacha, deslocou-se ao local e reavaliou a situação, tendo constatado que a infra-estrutura que a edilidade queria demolir, afinal, está no lugar certo e que é mais prático procurar chegar a entendimento com a empresa Nu África Transport, de forma a remover parte da sua vedação para se alargar a estrada. “Analisámos esta situação da casa do senhor Naiene e pensamos que não é necessário, ele está alinhado com as outras casas”, disse o vereador.

O representante do município avançou que irá procurar chegar a acordo com a empresa Nu África no sentido de remover parte da sua vedação, de forma a ampliar-se a estrada, uma vez que, no seu entender, invadiu a via. “Vamos ver se conseguimos um acordo com a empresa Nu África, porque estamos a ver que a infra-estrutura que entrou para a estrada é a vedação dessa empresa. é menos doloroso pedir à Nu África para retirar parte da sua vedação que demolir esta obra do senhor Naiene”, reiterou André Chacha. [OD]