Nacional

"Não vai haver guerra, mas violência" Dhlakama

2015-08-10 07:12:38 (UTC+01:00)

O líder da Renamo, Afonso Dhlakama, disse no sábado, que se o governo não ceder aos objectivos do seu partido, "vai haver violência".

MAPUTO- Em entrevista à BBC, Dhlakama explicou que a tensão política pode escalar para um conflito armado.

"As pessoas não podem esperar mais por um grupo marxista: o povo vai tomar o poder pela força", disse o líder da Renamo. "Não vai haver guerra, mas violência", esclareceu.

Por outro lado, Afonso Dhlakama defendeu que o conflito não deve ser um obstáculo a investimentos no país, "quero encorajar os investidores: Moçambique é o lugar ideal para investir", defendeu o líder rebelde. [FM]