Nacional

Novo emissor de televisão comunitária em Nampula

2015-07-16 09:54:15 (UTC+01:00)

Criado por dois jovens que não possuem nenhuma formação em eletrotecnia, a nova televisão será assistida por pouco mais de duzentas pessoas residentes à volta da pequena emissora.

Trata-se de Júnior Jeremias e Atumane Amisse, ambos de vinte anos de idade e que não foram para além do ensino primário. Moradores do bairro de Muhala, arredores da cidade de Nampula, os jovens criaram um transmissor caseiro de sinal de vídeo, que pode ser captado por aparelhos de televisão locais.

Os jovens reciclaram, televisores, leitores de vídeo, rádios e outros tipos de aparelhos electrónicos avariados e retiraram peças como transístores, resistências, condensadores para produzir um transmissor doméstico de sinal de vídeo.

De acordo com o “Jornal Notícias”, quando questionados sobre como tudo começou, os interlocutores asseguraram que foi na base de curiosidade, uma vez que, segundo eles, não possuem nenhuma formação em electrotecnia.

Com cerca de duas semanas de existência, o “novo” emissor já conquistou corações dos moradores do bairro de Muhala (mazorozorone), principalmente as donas de casa e crianças, que se “entretém” assistindo ao novo produto, mau grado não estarem a comparticipar na compra de energia eléctrica para alimentar o “estúdio”.

A “grelha de programas” consiste na exibição de entrevistas feitas a membros da sua própria comunidade sobre doenças que afectam aquela zona. Os jovens abordam ainda a problemática da degradação do meio ambiente, fazem a divulgação da música tradicional local produzida por jovens e de cânticos de louvor islâmicos (devido ao mês de Ramadan), para além de projectar filmes diversos e exibir peças teatrais. [FI]