Nacional

Nyusi reconhece dificuldades passadas pelos professores

2015-10-16 07:37:25 (UTC+01:00)

O Presidente da República, Filipe Nyusi, afirma reconhecer que a factura do professor no final de cada mês é alta e disse haver de facto a necessidade de se encontrarem soluções para reduzi-la.

MAPUTO - Nyusi falava num encontro que manteve com um grupo representante dos professores, acto que teve lugar, ontem, no seu gabinete de trabalho, em Maputo, com o objectivo de se inteirar dos problemas que têm vindo a ser apresentados por estes profissionais.

Dentre esses problemas, ligados aos actos administrativos, destacam-se o pagamento de salários, nomeações, progressões e carreiras profissionais.

No entanto, o estadista disse não haver capacidade para solucionar todos os problemas e de todos os professores de uma só vez, pelo que o governo vai trabalhar gradualmente no sentido de resolve-los.

Segundo Nyusi, o país está a enfrentar problemas financeiros. “O país não está a produzir aquilo que está a consumir, mas sim esta a consumir acima do que produz, pelo que há necessidade de se incentivar mais produção.

“Não estamos a ter a capacidade de satisfazer as necessidades. Deve-se incentivar mais produção para resolvermos este problema do professor, do enfermeiro e dos funcionários em diferentes áreas”, defendeu, citado pela Agência de Informação de Moçambique (AIM).

Ainda sobre este aspecto, Nyusi explicou que não se está a referir que os problemas apresentados pelos professores não conferem a verdade. Quero apenas dizer qual é o problema principal e quando é que nos tornaremos auto-suficientes.

Para o Presidente, além do salário, outros aspectos não dependem da carência, mas sim da organização, administração e da sensibilidade que os gestores devem ter.[OD]