Nacional

"O Presidente terá de aturar as consequências" Muchanga

2015-07-21 06:36:26 (UTC+01:00)

A Renamo considera como arrogância a posição do Presidente da República, Filipe Nyusi, de rejeitar a exigência do movimento de criação de autarquias provinciais.

MAPUTO- "Desde que Filipe Nyusi consolidou o seu poder na Frelimo tornou-se arrogante e está a empurrar o país para a confusão, ao rejeitar uma exigência que não é da Renamo, mas sim do povo", disse, em António Muchanga.

Em declarações à Lusa, Muchanga acusou o chefe de Estado de supostamente iludir o país, ao manifestar abertura para o diálogo com a oposição, enquanto mantém uma alegada intransigência em relação às propostas de solução da crise política, devido à recusa da Renamo de aceitar os resultados das últimas eleições gerais.

"O Presidente terá de aturar as consequências da sua intransigência, porque ele não ganhou as eleições, está a governar contra a vontade do povo", afirmou o porta-voz da Renamo.

Filipe Nyusi rejeitou categoricamente no domingo a exigência da Renamo de criação de autarquias provinciais no centro e norte do país. [FM]