Nacional

Observadores voltam aos países de origem

2015-06-03 07:45:48 (UTC+01:00)

O chefe da delegação do Governo do diálogo político, José Pacheco, anunciou nesta segunda-feira que os observadores militares internacionais regressam aos seus países de origem a partir da próxima quinta-feira.

MAPUTO - Segundo noticiou “O País”, ao todo, são 23 peritos militares estrangeiros oriundos da África do Sul, Cabo-Verde, Quénia e Zimbabwe que, depois de duas missões falhadas a primeira com 135 dias, e a segunda de 60 dias -, regressam aos países de origem.

Ontem, os observadores despediram-se do Executivo, numa cerimónia marcada pela ausência do chefe da delegação da Renamo, Saimone Macuiana, bem como os observadores daquele partido. [OD]