Nacional

Polícia aborta tentativa de rapto em Maputo

2015-06-09 12:53:18 (UTC+01:00)

A Polícia da República de Moçambique (PRM) abortou ontem, no bairro de Malhangalene “B”, na cidade de Maputo, uma tentativa de rapto, que tinha como vitima uma funcionária sénior de uma operadora de telefonia móvel.

MAPUTO - Segundo a polícia, o crime seria protagonizado por indivíduos de nacionalidades moçambicanas e vietnamitas. Em consequência do aborto, um indivíduo de nacionalidade vietnamita do grupo de raptores, foi detido na posse de uma mala contendo 34 telemóveis e igual numero de cartões iniciais que se presume serem descartáveis, que eram usados para negociar resgate das vítimas. Ainda na posse do mesmo indivíduo, a polícia encontrou 900 mil dólares norte americanos em notas falsas e 253 mil meticais em notas reias.

O grupo que era composto por sete indivíduos, que um se encontra neste momento nas malhas da polícia, estava instalado numa residência no bairro de Malhangalene “B”, de onde se pós em fuga após notar a presença policial.

Dos foragidos, trata-se de três indivíduos de nacionalidade moçambicana e igual número de vietnamitas.

Contudo, a PRM diz estar tudo a fazer para localizar os comparsas do indivíduo ora detido. [OD]