Nacional

Polícia confessa ter visto Mido Macie amarrado e arrastado

2015-08-09 07:00:43 (UTC+01:00)

Um oficial da polícia da África do Sul confessou, quinta-feira, ter visto o assassinado taxista o moçambicano, Mido Macie, amarrado e arrastado numa viatura da polícia sul-africana.

MAPUTO- Bongumusa Mdluli é o primeiro-oficial da polícia sul-africana a confessar, no Tribunal Supremo de Pretória, na capital sul-africana, que sabia que Macia estava amarrado numa viatura, antes de partir para uma esquadra policial.

Mdluli, de 25 anos, disse que não conseguiu convencer o motorista do veículo para não partir, por causa da agitação por pessoas que assistiam a detenção de Macia.

Os três policiais que até aqui testemunharam a morte de Macie confirmaram que o malogrado estava na viatura policial, antes de se consumar a sua morte.

Meshack Malele, Thamsanqa Ngema e Percy Mnisi, incluindo Linda Sololo, Sipho Ngobeni, Lungisa Ledwaba e Bongani Kolisa são acusados de assassinato de Macie. [FM]