Nacional

Portugueses instalam fábrica de processamento de castanha em Nhamatanda

2015-08-25 05:56:24 (UTC+01:00)

Um grupo de empresários portugueses vão instalar fábrica de processamento de castanha de caju, no distrito de Nhamatanda, na província de Sofala, segundo deu a conhecer um dos responsáveis do projecto.

MAPUTO- Segundo Américo Sebastião, numa primeira fase, o projecto ocupará uma área total de 120 hectares, com 18 mil cajueiros que já começaram a dar frutos. Posteriormente, a área será alargada para 500 hectares.

De acordo com A BOLA online, neste momento, o projecto emprega mais de 80 pessoas, um número que deverá subir com o aumento da área da unidade de processamento. Moçambique já chegou a ser o maior produtor mundial de castanha de caju, com uma produção comercializada de 216 mil toneladas anuais. Neste momento, o país está a redobrar esforços para recuperar os níveis uma vez alcançados.

O sector do caju em Moçambique está a recuperar os níveis de produção devido à introdução de inovações, factor que tem vindo a contribuir para o combate à pobreza rural. Na campanha 2013/2014, pelo menos 64 mil toneladas deste produto foram comercializadas. [FM]