Nacional

PR diz que "não está a ser possível" falar com Dhlakama

2015-11-09 06:04:36 (UTC+00:00)

O Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, disse ontem que pretende dialogar com o líder da Renamo, Afonso Dhlakama, para devolver a estabilidade ao país, "mas não está a ser possível".

MAPUTO - "Estou a fazer o esforço de conversar com ele Afonso Dhlakama, mas não está a ser possível", declarou o chefe de Estado, citado pela Agência de Informação de Moçambique (AIM), durante um encontro em Maputo com bispos da Conferência Episcopal.

O líder da Renamo, não é visto em público há um mês, depois uma operação policial na sua residência na Beira, província de Sofala, que visava a recolha de armas, e após vários outros incidentes entre a sua guarda e as forças de defesa e segurança na província de Manica.

No encontro com os líderes religiosos, que ontem apelaram ao Governo e à Renamo para o abandono das armas e início imediato do diálogo, Nyusi rejeitou um cenário de mediação internacional.

"Acho que este é um assunto que pode ser resolvido dentro de casa. É uma conversa de quarto. Não vejo motivo para se escolher um país para resolver isso. Estou a fazer tudo para ter o diálogo", afirmou. [OD]