Nacional

PR Nyusi pede colaboração para implementação do seu programa quinquenal

2015-05-09 09:07:55 (UTC+01:00)

O Presidente da República, Filipe Nyusi, exortou à população de Inhambane a colaborar com o governo na implementação do seu programa quinquenal, destacando que as prioridades nele patentes foram desenhadas com base nas reais preocupações dos moçambicanos

INHAMBANE - Falando durante um comício que orientou no bairro de Muelé, arredores da cidade de Inhambane, a capital provincial, Nyusi enumerou os cinco pilares que compõem o programa quinquenal do governo que ele acredita que a sua implementação poderá responder os anseios do povo moçambicano.

“A primeira prioridade é a paz, unidade nacional e a soberania. O nosso governo vai fazer com que continuemos num ambiente paz, mas, para isso, temos que estar unidos”, afirmou Nyusi, explicando que “viver unido significa respeitar a outra pessoa, é solidariedade. Paz é viver sem guerra”.

Nesta componente da paz, Nyusi exemplificou que os recentes actos xenófobos registados na África do Sul contra cidadãos estrangeiros, incluindo moçambicanos, não fazem parte da paz.

“Por isso, o nosso governo condenou-os e trabalhou com as autoridades sul-africanas para que se pare com estes actos”, disse.

Em relação a segunda prioridade, o “Desenvolvimento do Capital Humano e Social”, o estadista moçambicano disse tratar-se de investir no homem para que ele seja efectivamente o verdadeiro motor de desenvolvimento sócio-economico do país.

Nyusi realçou também a importância do terceiro pilar que tem a ver com “Emprego, Produtividade e Competências' na melhoria das condições de vida dos moçambicanos, explicando que “vamos criar incentivos para as áreas com potencial de criar mais empregos e agregar valor acrescentado a produção nacional. Vamos também apostar na industrialização e no turismo”, assegurou o Presidente da República à população, cuja província ‘e uma das que possui um grande potencial turístico.