Nacional

Presidente executivo da Anadarko desmente intenção de venda de activo na bacia do Rovuma

2015-05-07 06:49:20 (UTC+01:00)

O Presidente executivo da Anadarko Petroleum desmentiu a intenção de venda de activos na bacia do Rovuma e que as decisões sobre investimento em Moçambique deverão ser tomadas até 2016.

MAPUTO - O grupo controla uma participação de 26,5% no bloco Área 1 da bacia do Rovuma, no norte de Moçambique junto à fronteira com a Tanzânia, no qual tem como parceiros a Mitsui EP Moçambique Área 1 Limitada (20%), BPRL Ventures Moçambique B.V. (10%), Videocon Moçambique Rovuma Área 1 Limitada (10%) e PTT Exploração e Produção Plc (8,5%) e a estatal Empresa Nacional de Hidrocarbonetos 15% durante a fase de exploração.

As notícias postas a circular mencionavam como potenciais compradores os grupos petrolíferos Exxon Mobil e Qatar Petroleum mas Al Walker disse que, pelo contrário, o grupo está a trabalhar no sentido de tomar uma decisão final sobre o investimento a efectuar naquele bloco, que contém reservas de gás estimadas em 75 biliões de pés cúbicos.

Al Walker garantiu que o grupo está a tentar garantir contratos de fornecimento de gás natural com clientes, muito provavelmente da Ásia, e adiantou que a decisão final de investimento deverá ser tomada no final do ano em curso ou no início de 2016.

As reservas de gás natural até agora descobertas na bacia do Rovuma apontam para a existência de mais de 200 biliões de pés cúbicos, que poderão colocar Moçambique no grupo dos cinco maiores exportadores de gás natural do mundo inteiro a par com a Rússia, o Qatar e Austrália.
[MCM – FOLHADEMAPUTO.CO.MZ]