Nacional

"Quem é esse que vai ter força para desarmar a Renamo"?, Ivone Soares

2015-07-31 08:29:50 (UTC+01:00)

A bancada parlamentar da Renamo o maior partido da oposição em Moçambique reivindicou, ontem, o direito de o seu partido continuar armado, em nome da defesa dos seus propósitos.

MAPUTO - Falando no encerramento da I Sessão Ordinária da Assembleia da República, a chefe da bancada da Renamo advertiu que não há nenhuma entidade capaz de forçar o seu desarmamento pela via da força.

“A bancada da Renamo questiona: quem é esse que vai ter força para desarmar a Renamo sem diálogo?”, indagou Ivone Soares, chefe da bancada parlamentar do maior partido político da oposição no país, para depois sentenciar que tal só será possível com um diálogo sério e franco, que leve à satisfação das suas reivindicações, que incluem o cumprimento do Acordo de Cessação das Hostilidades Militares, rubricado a 5 de Setembro do ano passado, pelo então Presidente da República, Armando Guebuza, e pelo líder da Renamo, Afonso Dhlakama, posteriormente transformado em Lei pelo parlamento.

“A Renamo tem um propósito neste país, e o propósito é claro: garantir que os moçambicanos possam ser bem servidos, porque o merecem, porque se trata de um povo que já consentiu imensos sacrifícios”, frisou a deputada, citada pelo jornal “O País”.[OD]